Diário de Viagem: Buenos Aires - parte 4.

domingo, 21 de setembro de 2014
Bom, já sabem como funciona né?! 
1 - Plaza de Mayo. Eu fui com o city tour, depois não voltei. É lá que fica a Casa Rosada, cede do governo, a Catedral Metropolitana, onde o atual papa fez missa durante uns 20 anos, o Palacio del Gobierno e onde começa (ou termina) a feirinha de San Telmo, que acontece aos domingos.
Quando eu fui lá, a frente da Casa Rosada estava interditada, eles estavam montando um palco. Segundo os moradores, aos finais de semana de determinadas épocas do ano, acontecem alguns shows pela cidade.
Lá também tem, no centro da praça, várias faixas em protesto e recordação aos que morreram na guerra pelas Ilhas Malvinas.
Por lá tem alguns comércios pra turista mesmo, lojinhas de lembrancinha e banheiros.
Já a famosa feirinha de San Telmo, eu andei umas duas quadras dela, e não vi nada de interessante. Vale a visita pra quem quiser conhecer, já que é praticamente um ponto turístico. Ela acontece somente aos domingos.


2 - Obelisco. Fica no cruzamento da Avenida 9 de Julio com a Corrientes. A gente passou na frente váaaarias vezes, mas ir até lá mesmo, a pé, só dois dias. Um não estava programado, mas eu fui andando e acabei chegando lá, mas o dia não estava bonito e o tempo tava começando a fechar. No outro o dia tava lindo maravilhoso (e a bateria da câmera acabando).
Não tem muito o que dizer sobre o Obelisco, senão que ele é o marco da primeira fundação de Buenos Aires (aparentemente teve mais de uma), e que eles consideram o maior símbolo da cidade, dizem ser a estátua da liberdade de Buenos Aires. Ele tem 67,5 metros de altura, e nenhum prédio no raio de duas quadras (se não me engano) pode ser mais alto que ele.  
Na Avenida 9 de Julio, tem um prédio com uma arte (?) de um lado e outra do outro, elas são em memória e homenagem a Evita Perón.


3 - Momumento A Mafalda. Não, não é La Mafalda como já vi em alguns lugares, porque é em homenagem a ela, então A Mafalda, só esclarecendo. Fica no bairro de San Telmo - cuidado pra não se confundir, existe a Plaza de Mafalda que é lá longe - na Calle Defensa com a Chile.
Tem um banco, e lá tem uma estátua da Mafalda sentada, se você descer a rua (Calle Chile, em direção a Puerto Madero), na metade da quadra, em um prédio tem uma plaquinha em homenagem, mais pra baixo tem outras estátuas dos personagens de Quino (criador da Mafalda) com suas respectivas plaquinhas. É muito legal, com certeza um lugar que eu iria novamente, vale a pena até pra quem não conhece os quadrinhos da Mafalda.
Por lá também tem alguns barzinhos muito simpatiquinhos e lojinhas que vendem artigos com estampas ou coisas da Mafalda.

Onde estão as estátuas: "O passeio começa na calle (rua) Defensa esq Chile com a Mafalda, continua pela calle (rua) Chile até Balcarce com Isidoro Cañones em Balcarce esq. México se encontra o Larguirucho. Mais adiante, seguindo por Balcarce até a Avenida Belgrano o encontro será com as personagens Matías, El Loco Chávez, Clemente e as Chicas de Divito. Na Av.Belgrano e Av.Paseo Colón estão Don Fulgencio e Patoruzú. O passeio termina na Avenida Av.Paseo Colón esq. Moreno co Gaturro." Fonte: http://www.turismo.buenosaires.gob.ar/br/atractivo/paseo-de-la-historieta

Pra conferir os outros posts da viagem é só clicar aqui.

Curta a page do blog!

Sophia Cuñado


ATENÇÃO: todas as fotos deste post foram tiradas por mim (Sophia Cuñado), a utilização delas sem os devidos créditos e a autorização são contra a lei.

0 comentários:

Postar um comentário

Oba, deixa um comentário aqui dizendo o que achou do post!