Diário de Viagem: Buenos Aires - parte 5.

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

1 - El Ateneo. Era um teatro que foi transformado em livraria, onde era a platéia é tudo tomado de livros, e o palco se transformou em uma cafeteria. É um lugar perfeito pros que gostam de livros e/ou arquitetura.
No piso inferior tem uma parte dedicada para os cds, dvds e livros infantis e infanto-juvenis.
Foi considerada a segunda mais importante livraria do mundo pelo jornal britânico The Guardian, chique né. 
Lá eles também vendem cds e dvds, e os livros tem de tudo quanto é tipo. Existem vários endereços, mas a das fotos, que é a matriz fica na Avenida Santa Fé.


2 - Show de Tango. Você não pode, de maneira alguma, ir a Buenos Aires e não assistir a um show de tango. Eu fui em um que ficava em Puerto Madero, o nome do lugar é Madero Tango, e fica no primeiro cais. Foi um show lindo, os amantes de dança vão à loucura.
Eu recomendo esse lugar por vários motivos, dentre eles o atendimento, que é muito bom, o jantar estava espetacular e tinham várias opções (inclusive vegetarianas), o show, realmente muito bom, o pessoal que estava interagindo com a platéia também fez todo mundo rir e não ver o tempo passar. Sabe aqueles lugares em que os dançarinos vão fazer a troca de figurino e todo mundo fica olhando um pra cara do outro esperando? Então, lá isso não acontece.

3 - El Establo. É um restaurante que fica na esquina da Calle Paraguay com a San Martín, pertinho da Florida. Como era na rua do meu hotel, eu ia lá quase todas as noites pra comer. Uma rua pra baixo (Calle Reconquista, que não passa carro) tem um monte de restaurantes e barzinhos com mesas do lado de fora onde o pessoal fica até tarde.
O restaurante é muito bom e não é muito caro, os hotéis mais baratos estão por ali, então acredito que a dica seja útil. Mas assim, se você não come carne, é bom se preparar, é tipo o arroz e feijão do brasileiro.
Eles servem bifes magníficos, os garçons dizem que serve apenas uma pessoa, mas como é grande, deu pra três na minha mesa. Então tenham isso em mente quando forem fazer o pedido, eles comem muito, mas muito mais carne que a gente.
Água, refrigerante, cerveja e bebidas em geral é bem carinho, onde quer que você vá comprar. Lá (em Buenos Aires) eles colocam uma cestinha com pães e normalmente também vem com margarina/manteiga e bolachas salgadas, isso não é uma coisa opcional, você vai ter de pagar por ela, não importa se você comeu ou não, é tipo uma tradição, regra, whatever, nem tente discutir. 

Pra conferir os outros posts da viagem é só clicar aqui.

Curta a page do blog!

Sophia Cuñado


ATENÇÃO: todas as fotos deste post foram tiradas por mim (Sophia Cuñado), a utilização delas sem os devidos créditos e a autorização são contra a lei.

0 comentários:

Postar um comentário

Oba, deixa um comentário aqui dizendo o que achou do post!